[RP Fechada] Burned for Silver

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sex Jan 08, 2016 4:50 am
burned for silver
A RP se passa em Winterfell, durante o período da noite. Esta é uma RP fechada entre Allyria Stark e Leana Stark.



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sex Jan 08, 2016 5:20 am
# Love is poison. A sweet poison, yes, but it will kill you all the same.
Allyria idealizou uma noite com sua filha de modo sereno, gostaria evitar conversas de cunho pesado e queria deixá-la - de certa forma - leve. Tentou ser perspicaz em seu planejamento, foi bastante rigorosa nos pratos e em sua preparação, a perfeição era o caminho para ter sucesso em sua aposta.

Pediu aos seus criados que avisassem sua filha três dias antes, o motivo foi estar viajando, havia assuntos a resolver no Oeste que não podiam esperar. Por seu dom com as palavras foi quem tomou a liderança da família na ausência de seu marido.

Estava em seu quarto quando ouviu batidas em sua porta, o som da madeira a assustou, vestia em seu corpo esbelta um traje apertado e despojado que lhe apertava nos seios. Sem sua permissão o criado adentrou os aposentos. — A mesa esta posta minha... Oh, pelos Sete, me perdoe. — Disse o criado, Allyria se virou para ver bem o rosto do rapaz, era jovem e delicado porém tomado pelo medo e vergonha.
Você vai se fingir que nunca viu esta cena, mas espere tire sua roupa. — Ordenou o rapaz, ele não fez cerimônia ao começar a se despir com suas bochechas vermelhas. Allyria o puxou para dentro, com brutalidade jogou-lhe na cama, a senhora caminhou até seu baú retirando um lenço. — Se me permite devo amarrá-lo.

Allyria contemplou o homem nu amarrado em sua cama, era bem dotado, não podia negar. Ele trazia um sorriso galante, tinha um tom malicioso na forma que sua boca se moldava. Mas ela não tinha tempo para brincadeiras. A senhora ignorou os berros do rapaz abafados pela sua boca amordaçada e continuou a se arrumar ao espelho, esperava que ele demoraria mais para notar que não teriam diversão naquela noite.

Mais tarde, já pronta e ainda com um homem preso em seus aposentos, foi para a sala de jantar que estava muito bem organizada, uma bela torta de amora tinha sido feita como encomendado. Todavia, Allyria estava se importando mais com a carne, o prato principal, estava ao ponto como o pedido e parecia saborosa.
© kristen



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leana Stark em Sex Jan 08, 2016 5:55 am
The winter is coming

Do you know what this means?


— Um jantar, disseste? — Questionara Leana a uma serva, apoplética, observando a impecável caligrafia de sua progenitora materna numa carta. — Apenas entre nós duas, a senhora minha mãe e eu, sem o Atlas… Devo ter feito algo de errado!  Ou pior, ela jogar-me-á em algum ogro asqueroso porque completei quinze anos!
Leana dirigiu os olhos a serva, estes a fulminarem num turvo brilho de receio.
— O que ainda faz aqui? Já pode retirar-se.
E, assim fora avisada, com três dias de antecedência.  Estes, por sua vez, passaram numa languidez quase tangível, a lhe perpetuar o sentimento amargo de sua iminente penitência.  Leana, no entanto, não saíra de seu motonia irritante, sendo obrigada a fingir que prestava atenção aos ensinamentos da Septã, tentando executar as tarefas por ela solicitadas.  Se houvesse nascido viril e não feminina, seu futuro provavelmente seria bem mais grandioso do que  a idealização que se compunha em sua mente.  
Um destino pronpínquo pouco agradável.
Leana suspirou enquanto as servas lhe auxiliavam a trajar-se.  Ser nobre também significava ser tratada como uma inepta.  Outrora era agradável; outrora desanimador.  Mas não era isto que importava no exato momento.  Ela encaminhou-se até a sala onde um enorme banquete se punha, tornando a observar uma torta de amora que estava no centro.  “Esperta”, pensou, caminhando até a figura que reconhecia como mãe.
— Senhora minha mãe. — Leana fez uma pequena reverência.  Seus cabelos opacos surgiram em sua face como um perfeito véu a lhe ocultar as expressões.  Allyria costumava reclamar de tais fios capilares desgrenhados, mas Leana sentia-se grata por eles, principalmente quando escondiam a nudez de sua face e os pensamentos que se tornavam cúmplices das feições. — Como está?


I dont think soo





Última edição por Leana Stark em Sab Jan 09, 2016 6:44 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Nobreza
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sex Jan 08, 2016 6:15 am
# Love is poison. A sweet poison, yes, but it will kill you all the same.
Sua chegou a sala de jantar bem arrumada, exceto por algo, seus cabelos. Alguns fios rebeldes cobriam o rosto da garota de forma deselegante, pelo menos ao ver de Allyria, aquilo deixava a beleza de Leana escondida. Por sorte da menina, ela não estava irritada.

A senhora fez um sinal para que sua filha se sentasse, mas não fez o mesmo, ela caminho pelo salão ao encontro da donzela, levou suas mãos ao pescoço de sua filha, subiu seus dedos até seus cabelo onde os acariciou. Puxou seus fios com delicadeza para que não machucasse a garota e de forma delicada fez um coque caprichado.

Assim está melhor. — A disse voltando ao seu lugar, este não era tão próximo de Leana apenas o bastante para que ambas pudessem falar a tons baixos. Com um sinal dos dedos de sua senhora, os criados serviram o jantar.
Ambas comeram em silêncio por alguns minutos, Allyria não pôs muita comida na boca, queria estar pronta para falar no tempo certo. — Lembra de sua loba falecida? — Refrescou a memoria da jovem com um sorriso em lábios. — Ela poderia ser seus irmãos, eu... Algo horrível aconteceu com seu pai, Leana.
© kristen



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leana Stark em Sex Jan 08, 2016 6:43 am
The winter is coming

Do you know what this means?


— Adoro meus cabelos do jeito que estão. — Protestou Leana, até um olhar severo da mãe recair sobre si.
“Não sei porque ainda tento argumentar”, a fala saíra tão ininteligivel, que assemelhou-se a um pensamento que angariara som.  
Leana sentia os dedos gélidos, porém ternos, de sua mãe sobre o pescoço enquanto observava uma sujeira insignificante, e quase imperceptível, delineada no chão.   Sua mente a divagar em diversos pensamentos, a quietude irritando-lhe.  Allyria proporcionava um palpável suspense quando bem desejava, e Leana se punha a pensar do que realmente se tratava aquela reunião familiar incompleta.
— Melhor? — Repetira imperceptivelmente, assim que a mãe terminara o coque.  Suas mãos deslizaram no pescoço nu. — Devo ter envelhecido vinte anos…
Sem prolongar os comentários e torcendo para que não fosse ouvida, dirigiu-se a mesa, num jantar novamente quieto, cujo único som presente era o mero tintilar dos talheres e o atrito contra os pratos. Leana brincou com sua comida, jogando um pedaço de folha de um lado ao outro, regressando a sensação monotona que, por vezes, lhe atingia.  Isto não perdurou um longo tempo, pois logo Allyria fizera um comentário que despertara sua atenção.
— Minha loba? — Novamente, repetira.  Começava a sentir-se inepta. — Naturalmente, que me lembro.
Leana não saberia dizer se havia sentido alívio pelo término do suspense, ou ainda mais pavor pela confissão não tão detalhada de sua mãe.  
— O que diabos houve? — Sendo direta, descartou a polidez e os diversos ensinamentos de comportamento.  
O norte pareceu cálido e seu rosto tornou apoplético, num intenso tom de rubro devido o veemente temor que sentiu.
Ao menos não se tratava de um anúncio de casamento, mas ainda sim o pensamento não lhe reconfortou.


I dont think soo



avatar
Nobreza
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sex Jan 08, 2016 7:00 am
# Love is poison. A sweet poison, yes, but it will kill you all the same.
Gostaria de ser sido mais direta, sua cerimonia só deixaria Leana mais preocupa, isto faria com que o processo fosse bem mais lento e exaustivo. Gostaria de evitar se cansar com assuntos deste cunho.

Prolongou o silêncio em quanto pensava como a contar, se questionava sobre o suspense causado, não pretendia deixar sua filha mais receptiva. — Não importa, não quero assustá-la por hora. — Explicou a menina, lhe privando de informações triviais que não acrescentariam nada.
Por ordem de sua senhora, um criado trouxe a Leana papel e uma pena pronta para escrita. — Tens habilidade com escrita, muito boa se posso dizer, diferente de sua mãe que já possui mãos tremulas e doloridas por calos. — A dramatização de Allyria era boa, conseguia passar de seu espirito severo para fraca e vulnerável, tinha conseguido isto graças aos treinamento com seu marido.

Preciso que faça uma carta, falando que se eu e seu pai morremos se casará com um escolhido por seu irmão Atlas, só assim terei certeza que poderei confiar em você. — A proposta assustadora para uma moça jovem foi jogada a mesa não como uma opção e sim como uma ordem.
© kristen



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leana Stark em Sex Jan 08, 2016 7:26 am
The winter is coming

Do you know what this means?


Leana detinha da completa noção que estava a adentrar num mar misterioso e perigoso, os métodos dedutivos estavam a falhar e as ideias que sua mente cogitava não eram coerentes o suficiente. Sua mãe era demasiada calculista para uma situação que exigia a menos certo traço de emoção, nem mesmo a turvar em seu rosto algum grau de impotência. A jovem Stark massageou as próprias têmporas, esperando que o silêncio cessasse, a mandíbula a se contrair quanto mais enigmática sua mãe se tornou.
Tão súbita quanto a interação se encontrava, em suas diversas oscilações soníferas e de quietude, a senhora sua mãe dramatizou uma situação que exigia ajuda. Francamente, Leana mal sabia dizer se era veraz ou não o que dizia, apenas ouviu com atenção, num leve assentir com a cabeça a medida que as instruções viam. Allyria dominava a arte da persuasão e estava por triunfar, até determinado ponto ser tocado.
Leana pôs-se de pé, o queixo a ergue-se não pomposamente como de costume, mas como se uma faca houvesse lhe transpassado peito. Num jeito mais simplório de se detalhar, sentira-se ofendida.
— Atlas que irá selecionar meu prometido? Antes, fugirei pelo Mar Estreito e me prostituirei para um khalasar inteiro, do que permitir que minha vida seja escolhida por outra pessoa. — Mordera as bochechas internamente, sentindo o metálico gosto de sangue. — Falas sobre confiança, mas não me disseste nada. Como que hei de confiar em você?


I dont think soo




avatar
Nobreza
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sex Jan 08, 2016 7:52 am
# Love is poison. A sweet poison, yes, but it will kill you all the same.
O sangue lhe subiu a cabeça, Allyria gostaria que ela não dissesse isto. As palavras xucras que escaparam da boca de vossa filha, mesmo fazendo com que a senhora ficasse irritada a fazia lembrar de sua adolescência conturbada, após o assassinato de seus pais não moderava suas palavras e isto quase lhe tirou a vida.

Allyria bateu seu punho contra a mesa, no mesmo momento ela se levantou da cadeira e disse aos berros: — Não fale assim comigo sua vagabunda! — Fios de cabelos desceram sobre sua face, demonstrava sua raiva com clareza algo que evitou durante os últimos anos. Evitaria mais uma vez, porém desta vez não era trivial.

A senhora caminhou a passos rápidos até sua filha, segurou seu pulso com força a tirando da cadeira. Seus olhares se encontraram, Allyria estava enfurecida como nunca esteve ao falar com seus filhos. — Irei servir a torta que tanto gosta, iremos caminhar pelo lado de fora e te darei uma semana para pensar. — A senhora mandou que sua filha se sentasse e voltou ao seu lugar, os criados nem mesmo foram chamados mas da mesma forma lhe trouxeram as deliciosas tortas.
© kristen



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leana Stark em Sex Jan 08, 2016 8:14 am
The winter is coming

Do you know what this means?


Leana sobressaltou assim que o estrondo do punho de sua mãe colidiu num implacável atrito contra a mesa, a progenitora vociferando um hediondo ultraje. A seriedade não careceu nos olhos da jovem Stark, sem hesitar por um segundo sequer, tampouco se encolheu assim que certa aproximidade fez-se presente com a volúvel mãe. Allyria agarrou seu pulso, a região angariando um singelo tom rubro, a medida que esta lhe apertava. Leana tentou desvencilhar-se de seu toque severo, num semblante repulsivo a ser feito por suas feições comumente meigas.
Mesmo após anos de convivência, Leana jamais conseguira uma reação tão enraivada da sua mãe quanto naquele exato momento. Não sabia porquê, mas sentia-se satisfeita.
— Fingirá que nada ocorreu? — Um riso sem humor transpassara de seus lábios. — Não necessito de uma semana, minha resposta continua a ser não. Por que não podes me ver como uma mulher independente? Não necessito de um laço matrimonial com algum bastardo inglório escolhido para que seja forte, sou Leana Stark de Winterfell, já é o bastante.
Leana olhou para um servo, a cabeça levemente inclinada, o semblante impassivel e quase inexpugnável:
— Tire estas tortas daqui. Ou as jogarei das nossas janelas para todos pobres de Winterfell.


I dont think soo




avatar
Nobreza
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sex Jan 08, 2016 8:32 am
# Love is poison. A sweet poison, yes, but it will kill you all the same.
Sou Leana Stark de Winterfell, já é o bastante. A frase proferida pela garota a fez vir em sua mente imagens do passado, vindas em flash, contudo via claramente toda a cena.

Allyria tinha doze anos, alguns anos mais jovem que Leana, ainda era conhecida por Allyria Piper. Seus pais estavam sentados em sua frente aos prantos choramigando a morte de seus irmãos, as mesmas palavras que foram ditas por Leana naquele jantar foram proferidas por Allyria. O lorde Piper questionava o futuro de sua casa sem um filho homem, algo que levou a futura senhora de Winterfell a raiva.

Retirei os pratos e tragam casacos para nós, irei caminhar com minha filha. — Disse Allyria se levantando da mesa, ela caminhou até o vitral da janela, buscando analisar que choveria ou não durante o seu passeio.

Quando os criados voltaram trouxeram dois casacos de pele, os mais belos de vossos guarda-roupas. —Deixe que eu lhe conte algo. — A disse estendendo sua mão para a moça.
© kristen



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leana Stark em Sex Jan 08, 2016 8:48 am
The winter is coming

Do you know what this means?


Por intantes, Leana se preocupara com a sanidade da mãe.  Allyria adentrara num súbito devaneio, numa condição inexpugnável.   Parecia ponderar diante das palavras proferidas, ou provavelmente, estivesse a pensar numa forma terrível de penitência, esta sim seria a explicação mais plausivel.  A jovem Stark tinha por preferência a progenitora comunicativa ao vasto e espesso silêncio que propagava; seu rosto outrora rubro, regressava a tonalidade pálida dos nortenhos.
Seus dedos ternos entrelaçaram no mar opaco do cabelo, a desfazer de algumas mechas do impecável coque.  Um arquejo de surpresa saíra de seus lábios quando Allyria solicitara os casacos de pele, ainda a fitá-la numa notória analise até os servos regressarem.
— Isto é algum truque? — Questionara, tentando encontrar algo de suspeito nos traços que delineavam o semblante da mãe. — Sim ou não?
A sua resposta deu-se por ignorada, Allyria com uma estranha e repentina vontade de lhe compartilhar algo.
Leana, por prudência hesitou, mas pelo sentimento próximo a estima que detinha pela mãe, aceitou participar da caminhada, pondo sua mão sobre a dela.  


I dont think soo



avatar
Nobreza
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Allyria Stark em Sab Jan 09, 2016 7:27 pm
# Love is poison. A sweet poison, yes, but it will kill you all the same.
A senhora guiou sua filha pelos corredores, o vento frio vindo do exterior junto aos passos rápidos que jogavam seu cabelos para trás. Winterfell era grande, Allyria tinha esquecido disto.
Atravessou a última escada para o andar térreo, estava vazio, podia ouvir o som das gostas que escorriam das paredes por causa do derretimento do gelo.

Pequenas gotas caíram sobre seus cabelos, isto anunciava a chegada de uma leve chuva, contudo Allyria optou por ignorar aquele fato.

Pretendeu ser objetiva, não tinha mais tempo para gastar com Leana. — Eu nunca tive escolhas, nós mulheres nunca tivemos, quero que tenha isso em mente Leana. — Começou Allyria. — Pedi a te para que fizesse a carta não para a força, foi um aviso, tempos difíceis estão por vir minha filha e não sei se eu e seu pai sobreviveremos a eles. — A senhora disse em tom baixo, nenhum momento olhando nos olhos de sua filha.

A deu um momento para que ela pensasse, queria se assegurar que a garota estava digestindo toda a informação. — Fiz isso por que lhe amo minha filha e meu amor por você pode tirar minha vida.
© kristen



# cold air burning during the summer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Leana Stark em Dom Jan 10, 2016 3:01 pm
The winter is coming

Do you know what this means?


A insígnia do inverno se punha em seu estado gélido.  O casaco de pele lhe aquecia externamente, seu corpo, no entanto, já era acostumado com o clima predominante da região.  Leana acompanhou a mãe até o lado de fora, sua pele alva  a igualar-se nas partículas minúsculas da neve que outrora caíra por ali.  Algumas derretiam na estrutura rochosa de sua residência, mas tão efêmera era esta sua condição, que logo tornava a congelar.
Até mesmo o clima de Winterfell era monótono.   Leana quase riu com o pensamento, mas considerou que não seria prudente no momento, a senhora sua mãe poderia considerá-la insana por uma risada súbita.  Muito embora, devido ao que falara, sobre prostituições e khalasares, talvez Allyria já considerasse-a insana o suficiente.
— Eu conheço a condição feminina, minha mãe. — Condescendeu Leana, notando que Allyria não lhe fitara um momento sequer quando proferira seu próprio discurso. — Sei que nosso papel na sociedade é a fertilidade, que o motivo de nossa existência é hospedar vários  herdeiros em nosso corpo, que deixam nossa pele flácida e horrenda, longe do sublime corpo de nossa outrora juventude… Enfim, isto apenas para satisfazer nossos maridos e manter a linhagem viva.  Sem mencionar, a pressão de que nasça ao menos um garoto.  Sei disto tudo.
Leana suspirou.  Seus lábios róseos crisparam-se numa linha pensativa.  Ela tornou a observar a mãe, ponderando se deveria continuar a falar ou não, não almejava irritá-la ainda mais naquela tarde, já havia ultrapassado o limite de sua prudência e cautela.  No entanto, resolveu que irritaria a si mesma se não compartilhasse um próprio pensamento e, de certo modo, tal angariou mais importância.
— Mas também sei que a rainha guerreira dos roinares, Nymeria,  viajou com sua Frota pelo Mar Estreito e auxiliou na conquista de Dorne.   Também sei da história de um cavaleiro horrendo de Tarth, que, na verdade, era uma mulher, e foi da Guarda Arco-íris do auto-proclamado rei Renly, diziam que lutava bravamente… Enfim, eram todas mulheres, minha mãe.  Talvez eu tenha vindo com algum defeito por pensar isto, mas não sinto que nasci para viver na sombra de um grande homem.
A jovem Stark piscara quando uma menção estranha de amor e morte fora-lhe feita, um tanto quanto pérplexa.
— Também amo-te, mas não compreendo… O que isso quer dizer? O inverno está chegando, minha mãe?


I dont think soo



avatar
Nobreza
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum